Primeiro evento de 2016 do GUTS-SC

No dia 23 de Janeiro de 2016 rolou o primeiro evento do grupo de usuários de testes de software de Santa Catarina. Veja algumas fotos do evento e saiba um pouco do que rolou! Abertura do evento A galera do GUTS-SC mandou muito bem e o evento foi um sucesso! CESUSC O evento foi sediado … Continue lendo Primeiro evento de 2016 do GUTS-SC

Anúncios

Insights de código limpo – Testes de unidade

Faz total sentido falar de testes de unidade em um blog focado em teste de software, ainda mais quando se está escrevendo uma série sobre código limpo. Portanto, este será o assunto de hoje em: Insights de código limpo. No capítulo 9 de Código Limpo – Habilidades práticas do agile software, tio Bob explica como código limpo e testes de unidade se … Continue lendo Insights de código limpo – Testes de unidade

Quando usar iit e ddescribe ou fit e fdescribe?

Olá! Hoje irei falar sobre algumas diferenças quando estamos executando testes do Protractor, que ocorrem devido a dependência da biblioteca Jasmine. O post será bem curto e objetivo. Então vamos lá... Até a versão 1.3 do Jasmine, para executar somente um cenário de teste ou somente uma conjunto de testes, você precisava: substituir a função it pela função iit (para rodar … Continue lendo Quando usar iit e ddescribe ou fit e fdescribe?

Você deve usar o formato Dado/Quando/Então para especificar testes de aceitação automatizados?

Sim, você deve O formato dado/quando/então fornece uma linguagem específica de domínio de alto nível para especificar a intenção dos testes de aceitação automatizados separada da implementação. Esta separação permite mudar o método de implementação do teste (por exemplo, mover de testes de UI para testes de serviços) sem mudar a intenção do teste e como ele é … Continue lendo Você deve usar o formato Dado/Quando/Então para especificar testes de aceitação automatizados?

Evento de BDD em Floripa – O que rolou?

No último sábado (09 de Maio de 2015) rolou em Florianópolis, ilha da magia, o seminário BDD com Cucumber, comandado por Carlos Eduardo Golçalves, desenvolvedor Java da Suntech. O evento contou com o apoio da Toptal, e tive a oportunidade de estar lá, graças ao convite do amigo e colega Gabriel Neutzling, também presente no evento. … Continue lendo Evento de BDD em Floripa – O que rolou?

Status de testes em BDD – O BDD do “Reggae” |)

Enquanto criava novos testes utilizando a técnica de BDD (para um projeto no qual estou trabalhando), me deparei com a imagem acima, e achei que poderia sair um post legal aqui no meu blog, sobre os três diferentes status de testes em BDD, quando utilizando Cucumber. Ok, antes de ir para as cores vamos entender … Continue lendo Status de testes em BDD – O BDD do “Reggae” |)

Livros sobre Behavior-Driven Development

Devido ao grande interesse em BDD por parte da comunidade de teste de software, gostaria de indicar alguns livros interessantes que tratam do assunto e lhes prover meus comentários a respeito de cada um. Sem mais delongas, vou começar pelo primeiro que comecei a ler. The Cucumber Book - Behavior Driven Development for Testers and … Continue lendo Livros sobre Behavior-Driven Development

Já ouvir falar em BDD?

Segundo a Wikipédia, desenvolvimento dirigido ao comportamento, BDD (behavior-driven development), é um processo de desenvolvimento de software, baseado em outra técnica, chamada de TDD (test-driven development), o qual combina técnicas e princípios de desenvolvimento orientado à testes, com design dirigido ao domínio (DDD) e orientação à objetos (OO), provendo à desenvolvedores e analistas de negócio … Continue lendo Já ouvir falar em BDD?