Só podemos testar isso em produção?

Com as técnicas de implantação contínua de software, é comum entregar novos softwares em produção múltiplas vezes por dia. Uma suite de testes de regressão, independente que quão bem é projetada, leva ao menos uns 10 minutos para ser executada, o que pode levar a gargalos na entrega de mudanças em produção. Então, você ainda … Continue lendo Só podemos testar isso em produção?

O que é melhor: Teste manual ou automatizado?

"Ninguém testa a profundidade de um rio com os dois pés" ~ Provério africano Teste automatizado é melhor do que teste manual Testes automatizados são muito explícitos (preto no branco) então você tem uma chance maior de reproduzir um bug se achado por um teste automatizado ao saber o que o teste automatizado executou para … Continue lendo O que é melhor: Teste manual ou automatizado?

Os board são melhores quando físicos ou virtuais?

  Boards físicos são melhores do que boards virtuais Não há nada como ver o status de uma iteração ao usar um grande board físico: várias colunas e post-its coloridos que se movem enquanto as iterações progridem. Avatares são grudados nas cartas enquanto as pessoas trabalham nelas (as quais podem limitar o trabalho em progresso) e é muito fácil de … Continue lendo Os board são melhores quando físicos ou virtuais?

Seus critérios de aceitação devem ser escritos como Dado/Quando/Então ou como checklists?

Você deve especificar seus critérios de aceitação como Dado/Quando/Então Dado/Quando/Então é  uma forma quase onipresente* de especificar cenários de usuário: Dado uma condição Quando faço alguma ação Então espero algum resultado Se você escreve seus critérios de aceitação neste formato, isso não só provém uma estrutura consistente, mas se seus testes de aceitação automatizados também … Continue lendo Seus critérios de aceitação devem ser escritos como Dado/Quando/Então ou como checklists?

Os critérios de aceitação devem ser implícitos ou explícitos?

"O entendimento é o conhecimento do mal entendido" ~ Zivarnna Smithies Os critérios de aceitação devem ser implícitos Todas as coisas na vida são implícitas. Quando minha esposa pergunta 'você pode ir ao mercado e comprar um pouco de leite', ela também não tem que me dizer 'e não compre nada mais', 'e certifique-se que … Continue lendo Os critérios de aceitação devem ser implícitos ou explícitos?

Os testadores devem obter certificações?

  Existem inúmeras certificações em teste de software disponíveis para certificar as habilidades dos testadores de software. Elas normalmente envolvem algum treinamento seguido de uma prova com múltiplas opções. Alguns exemplos são ISTQB e ISEB. Quando falo de certificações em teste de software me refiro a qualquer uma delas. E então, os testadores devem obter … Continue lendo Os testadores devem obter certificações?

Há benefícios em atender conferencias de testes de software?

Seguindo na série de contradições em teste de software, inspiradas no livro Pride & Paradev, de Alister Scott, hoje a idéia é um pouco diferente. Desta vez, resolvi fazer uma simples tradução (com algumas adaptações) desta parte do livro e ao final então expor minha opinião pessoal. Você deve assistir conferências de teste de software As … Continue lendo Há benefícios em atender conferencias de testes de software?

Os testadores devem escrever os critérios de aceitação?

Os post no blog andavam meio parados, portanto, estou com planos de voltar a séria de contradições em teste de software, inspirada no livro Pride and Paradev, de Alister Scott. Mas onde eu havia parado mesmo? Ah, lembrei... A próxima contradição diz respeito ao uso critérios de aceitação para testes. Inicialmente, entendamos que critérios de aceitação … Continue lendo Os testadores devem escrever os critérios de aceitação?

Os testadores de software devem ser os porteiros ou guardiões da qualidade?

Hoje vamos começar sem churumelas! Testadores de software são os porteiros ou guardiões da qualidade Em um processo de desenvolvimento cascata, já que os testes são realizados na última etapa do processo, os testadores acabam tendo que assumir o papel de guardiões da qualidade, tendo que categorizar corretamente os bugs mais críticos, fazer testes de … Continue lendo Os testadores de software devem ser os porteiros ou guardiões da qualidade?