Devemos testar em versões antigas do Internet Explorer

ie-died

Teste tudo no IE7

O IE7 é um imã de bugs: sério, foram encontrados mais bugs no IE7 do que em qualquer outro navegador. Porquê? Ele é o navegador mais perdoável. Se funcionar no IE7 provavelmente irá funcionar em qualquer outro navegador mais moderno. É como um parente exigente: se ele gosta de um presente que você dá à ele, há chances de que seus parentes menos exigentes também gostarão do mesmo presente.

Mesmo que só 2% dos clientes utilizem o IE7, em negócios de larga escala, como Amazon ou eBay, isso ainda equivale a milhões de dólares.

É muito fácil testar no EI7. Para isso basta configurar uma máquina virtual, com alguma ferramenta tal como Virtual Box, com o Windows XP e IE7. Vale lembrar de desligar as atualizações automáticas do Windows para que o IE não atualize para versões mais recentes.

É recomendável utilizar uma versão real do IE7 em vez de simulá-lo no IE9 ou 10. Porquê? O modo IE7 no IE9 e IE10 é um simulador e não se comporta exatamente como o navegador IE7 real.

Não espera-se que os programadores utilizem Windows XP, portanto, não esqueça de adicionar um critério de aceitação “funciona em modo IE7” em cada história, assim, cada programador irá testar localmente no modo IE7 em suas máquinas de desenvolvimento: isto salva tempo nos testes das histórias.

Não teste nada no IE7

Muitas organizações utilizam estatísticas atuais de navegadores em produção para determinar quais navegadores suportar, e, portanto, em quais testar.

Mas você não devia basear seu navegador  na utilização atual: deve basear-se na  utilização futura esperada, determinada pelo estudo de tendências de utilização de navegadores. Ao utilizar este método fica muito claro que o uso do IE7 continua a cair. Então, porque se incomodar testando nele?

Clientes que utilizam IE7 provavelmente não são o tipo de cliente que vão gastar um monte de dinheiro em sua aplicação web, caso contrário, eles teriam um computador mais moderno desde já.

Além disso, usar o IE7 é doloroso. Você precisa de uma VM separada, visto que só funciona no Windows XP. O IE7 não contém nenhuma ferramenta de desenvolvimento e não possui um console para execução de código JavaScript: particularmente útil para a depuração de bugs.

Os programadores ficarão irritados com você quando você cadastrar um bug no IE7 que não é reprodutível no modo IE7 do IE9 ou IE10, visto que eles não terão como depurar o bug localmente.

Portanto, vale a pena testar qualquer coisa no IE7? Não.

TRADUÇÃO/ADAPTAÇÃO DE PRIDE AND PARADE, DE ALISTER SCOTT
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s